Custos

Tudo que você precisa saber sobre a Hungria

Gabrielly Damasceno Araujo
Escrito por Gabrielly Damasceno Araujo em 28 de novembro de 2020

Ontem foi publicada nossa matéria sobre bolsa de estudos na Hungria, e para ajudar você a realizar seus estudos nesse país europeu, nós do Meu Intercâmbio decidimos fazer um super resumo dessa região. Para saber todas as dicas e curiosidades, basta acompanhar tudo até o final!

Tendo como Capital Budapeste, Hungria faz parte da União Europeia possibilitando o deslocamento para vários outros Estados do continente. É bastante conhecida por sua história e edifícios antigos, neoclássicos. Com isso, atrai milhares de turistas e até mesmo residentes fixos que adoram explorar a região. A moeda oficial é Florim húngaro, mas como é difícil de se achar nas casas de câmbio, você pode utilizar o euro normalmente.

Dicas e curiosidades da Hungria

  • Mesmo sendo um país com muitos pontos turísticos, o inglês não é muito falado pelo povo, por isso a dica é aprender um pouco de húngaro para explorar melhor as cidades.
  • Como faz parte da área Schengen, você pode entrar na Hungria apenas com um documento de identificação/passaporte.*
  • Budapeste é considerada uma das cidades mais lindas de toda a Europa.
  • A Hungria se localiza no leste europeu, e essa região é a mais barata de todo o continente. O país é considerado um dos mais baratos para se morar.
  • O índice de desenvolvimento humano (IDH) é um dos mais altos, junto com a economia que está em crescimento constante.
  • A região é bastante conhecida pelas águas termais, e os húngaros valorizam muito isso. A cada esquina você entra uma fonte com água termal.
  • Você consegue ir para os países vizinhos através dos trens.
  • Se você gosta de agitação, a melhor época para visitar a Hungria é no verão (entre junho a agosto) que é a época com muitos festivais europeus.
  • Os Ruins Bars são bares construídos em prédios antigos que são famosos pelas decorações. Mesmo se você não bebe, vale apena conhecer. O mais famoso deles é o Szimpla e o melhor é que cerveja custa em média de 2 euros.
  • Você não pode entrar de sapato nas casa, então o correto é deixar do lado de fora ou na entrada.
  • Geralmente os interruptores dos banheiros fica do lado de fora, e não dentro.
  • As máquinas de lavar ficam sempre dentro do banheiro, mas se a casa for pequena, ficará na cozinha.

*Claro que para você entrar na Europa você precisará do visto, mas uma vez dentro do território, você poderá ir da Itália para a Hungria apenas com um documento de identificação.*

Custo de vida

O salário mínimo do país é de 464 euros, o que é muito baixo em comparação com os outros países da Europa. Entretanto, como o custo de vida é mais baixo, você consegue viver com essa quantia sem problema, até porque a maioria dos empregos pagam um pouco a mais (principalmente se você for formado).

O custo dos alimentos…

  • 6kg de peito de frango, custa é média de 26 euros.
  • Uns 3kg de arroz, está por volta de 2.98 euros.
  • 7 litros de leite está quase 6 euros.
  • 1,5kg de farinha, está em média 1,08 euros
  • A batata inglesa está 4,14 euros que equivale a uns 6kg.
  • Se você quiser comprar 1kg de pão, você irá pagar quase 1 euro.
  • Um pacote de café (de 600g) custa em média de 3,30 euros.
  • 1kg de açúcar custa mais ou menos 0,50 cents.
  • 750g de manteiga da aproximadamente 6 euros.

Normalmente uma pessoa consome cerca de 100 euros por mês com alimentação, e isso inclui restaurantes

*Esses preços foram extraídos antes da pandemia, então pode ter alterações significativa de valores*

Os preços dos aluguéis irá depender bastante, mas se você quiser ficar em Budapeste com um apartamento espaçoso (40m²) de frente para a estação de trem e com todos os utilities (água, luz, gás, condomínio e internet), você irá desembolsar uns 263 euros. Porém, você consegue achar apartamentos bem mais baratos.

Você pode pagar 26,30 euros por mês para utilizar todos os transportes públicos da Cidade (Budapeste), e quantas vezes quiser. Em relação a roupas, você consegue achar uma blusa por 5 euros ou menos. Uma calça jeans mais ou menos por 10 euros.

Morar na Hungria

A youtuber Malu Osowski morou mais de 2 anos no país e contou um pouco sobre o lugar no vídeo abaixo.

Bom, espero que vocês tenham gostado de saber um pouco mais sobre esse país tão rico culturalmente. Se você já conheceu a Hungria, deixe nos comentários o que mais você gostou. Até a próxima pauta pessoal 🙂

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

Quem Somos

“Somos um site pra você chamar de seu.

O Meu Intercambio é o seu lugar de saber mais sobre a vida no exterior e também compartilhar vivências da sua viagem.

Torne o seu sonho realidade e viva sem fronteiras.”