O que você precisa saber para morar na Espanha

A Espanha tem se tornado um país muito procurado para morar. Se você quer se mudar e não sabe por onde começar, descubra abaixo:

Com 505,990 km² de extensão, a Espanha é o 7° maior país do território europeu. Assim como é esperado, tem uma cultura vasta e diversificada que encanta a todos que a visitam ou que moram no local. 

O Reino da Espanha – seu nome oficial – tem como sede a cidade de Madrid, que também é a mais populosa do país. Outras cidades famosas e populosas são, por exemplo, Barcelona, Sevilha, Valência, Málaga e Bilbau.

O país faz fronteira com Andorra, Portugal, França e ao sul fica bem próximo a Marrocos, então suas chances de sair de mochilão pela Europa são bem grandes!

Regiões quase independentes

Alguns locais da Espanha, são vistas como regiões do país que apresentam a vontade de se separar. Sendo assim, têm vontade de se tornar um país que não a Espanha. 

A mais conhecida entre as três existentes é a Catalunha, região onde fica a famosa e muito frequentada cidade de Barcelona. 

Além deste local, o País Basco e a Galícia também apresentam aspiração a se tornarem independentes da Espanha.

As línguas dos espanhóis

Embora mais da maioria de sua população fale castelhano, comumente conhecido por espanhol, outras línguas são reconhecidas como co-oficiais, tendo em vista as regiões que buscam sua independência. 

Mas enquanto o castelhano é uma língua oficial por todo o país, o catalão, o basco e o galego só são línguas co-oficiais de suas respectivas regiões.

Clima

O clima temperado do país, causa variações um pouco frequentes de temperatura por toda a sua extensão. Durante o inverno, as temperaturas podem chegar perto dos 15° graus, mas no verão, chegam a casa dos 40° graus. Ou seja, uma amplitude térmica bem grande. O mês de Janeiro costuma ser o mais frio do ano, enquanto o mês de Agosto costuma ser o mais quente. Então se quiser morar na Espanha já sabe: tem que ter um casaco de frio mas uma roupa de calor para aproveitar o bom tempo!

Documentos necessários

Existem alguns protocolos a serem seguidos, caso você pense em morar no país, mas fique calmx que vamos te ajudar.

Primeiramente: Se você já mora na Espanha por mais de cinco anos, pode pular para o próximo tópico. Se esse não for o seu caso, então confira abaixo como tudo funciona.

Residência temporária

A residência temporária inicia-se após 90 dias de sua entrada no país, e acaba num tempo inferior a 5 anos. Essa residência pode ser renovada frequentemente, no entanto, se você apresentar o mesmo motivo que o levou a morar na Espanha, ou tenha um motivo plausível.

Além disso, você deve ficar atentx, pois existem dois tipos de residência temporária: a primeira, para as pessoas que vão se sustentar sem trabalhar, e a segunda, com uma permissão de trabalho junto a de moradia. Esta última também é conhecida como autorização de residência e trabalho.

Residência de longa duração

A pessoa que requisita essa permissão, está, ao mesmo tempo, solicitando a autorização de trabalho e moradia, sendo que essas pessoas serão tratadas como espanhóis. 

Para adquirir este tipo de residência, no entanto, você já tem que ter morado por 5 anos seguidos na Espanha, e ainda atender aos requisitos sempre apresentados.

Depois de conseguir sua autorização, a etapa dos vistos começa a se desenvolver! Se quiser mais informações específicas sobre cada caso dos vistos, ou mais informações sobre autorizações de residência, clique aqui.

Quer saber como fazer faculdade na Espanha? Descubra por aqui!

Deixe uma resposta